Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Fique por dentro’ Category

Port au Prince (Haiti) : Dias com muito sol e noites com muita chuva!

Recife: Tempo nublado durante quase todo o mes!!!

Brasilia: Tempo muito seco e quente durante o mes.   

Read Full Post »

Assim como na praia de Boa Viagem, em Recife, tambem encontramos com facilidade pelas ruas do Haiti o que eu chamo de raspadinha ou raspa-raspa.

Nada mais do que o gelo raspado em copo plastico com sabores variados. Lembranca dos tempos de crianca em BV!

Nao tomo por aqui pq meu organismo so tem anticorpos para as bacterias pernambucanas!!!! 😉

Read Full Post »

O Aeroporto Internacional de Porto Principe – PAP e uma verdadeira bagunca. Muito pequeno, tem como principais voos diarios os da American Airlines (3 da Miami e 1 de NYC) e de Spirit Airlines (Fort Louderdale), alem de outras pequenas empresas do Caribe. (A Airfrance tambem opera voos semanais para PAP).

No embarque, enormes filas se formam no pequeno salao de check in e ate se entender em qual fila se deve entrar, ja se perdera bons minutos. Diariamente, creio que todos os voos partem lotados. As funcionarias da American (super mal humoradas) nao perdoam qualquer kg a mais… ja pode preparar U$ 25 para pagar o excesso.

Nao existe praca de alimentacao. Apenas umas 2 lanchonetes na area interna, mas nao recomendo a comida por la!!!

hpim8131.jpg

O desembarque e complicado e ainda mais baguncado. Os funcionarios do aeroporto disputam com os passageiros a localizacao das malas junto as esteiras, pois recebem gorjetas para identificar e carrega-las quando solicitados. Enquanto todos esperam as malas, os funcionarios ficam conversando e brincando, demorando quase que 45 min para pegar a bagagem (se pode ver todo o funcionamento, pois e o vidro transparente). Ao sair do desembarque ja nos encontramos fora do Aeroporto e varias pessoas pulam em cima das suas malas oferecendo para carrega-las e um servico de “taxi” que alem de nao ter taximetro nao e regulamentado. Melhor nao confiar. O sistema de transporte no Haiti e muito precario, mas sobre isso falarei depois…

hpim8134.jpg

 hpim8143.jpg

Read Full Post »

Nao, nao!!!

Esta foto foi tirada na Route National 2, sentido Petit Goive – Port au Prince.

Ha decadas que os americanos estao presentes no Haiti e alguns de seus produtos, como os onibus escolares, fazem parte da rotina haitiana.

   hpim8075.jpg

Read Full Post »

Essa e uma boa pergunta. As duas sao boas. Mas prefiro a haitiana. A Prestige e a minha favorita. Nao so por essas bandas do globo, mas de todas. Para mim, a Prestige e o melhor produto produzido aqui.

Read Full Post »

Deu no Aquela Passagem

Confira!

Como Transformar Uma Viagem Para Buenos Aires Em Duas Usando 20.000 milhas Smiles ou Pontos TAM + 270 Reais

Com 20.000 milhas Smiles ou pontos TAM pode-se emitir uma passagem do Brasil para Buenos Aires do tipo ida e volta. Com cerca de 270 reais pode-se comprar uma passagem promocional (Aerolineas ou LAN Argentina) ida e volta de Buenos Aires para São Paulo. Click aqui para ver um Print Screen do site da LANObs: Essas tarifas são promocionais e podem se esgotar a qualquer momento!!Somando as duas :
Primeira Ida: Usando a o trecho de ida da sua passagem prêmio ( Varig/TAM GRU-BUE)
Primeira Volta: Usando o trecho de ida da sua passagem com preço promocional (Aerolineas/LAN BUE-GRU)
Segunda Ida: Usando a o trecho de volta da sua passagem com preço promocional (Aerolineas/LAN GRU-BUE)
Segunda Volta: Usando o trecho de volta da sua passagem prêmio (Varig/TAM BUE-GRU)

Algumas cias não gostam que se use este tipo de estratégia, pois a combinação deixa sem efeito algumas das regras da tarifa, como a permanência mínima. Gostem ou não, é possível realizar, mas se for fazer esse tipo de combinação evite fazê-lo usando passagens da mesma cia/aliança aérea.

Vantagem do Smiles: Você pode emitir uma passagem com uma antecedência de um ano, enquanto na TAM ela só pode ser emitida 4 meses antes, mas por outro lado não há limite de assentos para emissão de passagens prêmio em vôos na América do Sul.

Agora uma sugestão para usar aquelas 10.000 milhas TAM que estão para vencer:

A TAM permite a emissão de passagens só de ida em seus vôos, inclusive vôos internacionais. Que tal emitir uma passagem de ida para Buenos Aires com a TAM e comprar uma volta na promoção da classe executiva da LAN?

Essa dica é do Felipe, conhecedor profundo de aviação comercial: Na LAN Argentina é possível comprar o trecho Buenos Aires/São Paulo por cerca de 387 reais com taxas (tarifa saodeeev215).

Você até que poderia voltar usando uma das pernas de uma passagem de promoção em classe econômica citada mais acima, mas não recomendo, já que isso é considerado uma prática ilegal pelas cias aéreas.

Read Full Post »

Brasília, segunda-feira, 02 de abril de 2007

Do Correio Braziliense

02/04/2007
07h58
-Em uma lista encabeçada por Zurique, na Suíça, a capital federal aparece como a cidade brasileira mais bem colocada no ranking mundial de qualidade de vida feito pela Mercer Consultoria de Recursos Humanos. Brasília ocupa a 104ª posição, na frente de São Paulo (114º) e do Rio de Janeiro (115º). A capital paulista caiu seis posições na listas após os ataques do crime organizado, em 2006, que provocaram a morte de dezenas de pessoas.
Na lanterna da lista está a capital do Iraque, Bagdá. “Com toda certeza, os ataques de maio foram a principal causa da queda de São Paulo”, disse a coordenadora regional de marketing da Mercer, Denise Perassoli. Há 10 anos, a empresa realiza o levantamento em mais de 200 cidades de todo o mundo.O objetivo é fornecer subsídios para empresas calcularem prêmios, aumentos salariais e outras vantagens a serem oferecidas aos funcionários escalados para trabalharem em outros países. A empresa observa 39 fatores de qualidade de vida agrupados em 10 categorias: ambiente político e social (estabilidade política, rigor da lei, entre outros), ambiente econômico (serviços bancários, regras de conversão monetária, entre outros), ambiente sociocultural (censura, limitações de liberdade individual e outros), saúde e saneamento, escolas e educação, serviços públicos e transporte, diversão, bens de consumo, acomodação e ambiente natural (clima, desastres naturais e outros).As 215 cidades avaliadas são comparadas com Nova York que sempre entra no ranking com 100 pontos. Os dados foram coletados entre setembro e novembro do ano passado e atualizados constantemente. Das 50 primeiras posições do ranking, 49 cidades são da América do Norte, Europa, Japão e Oceania. A única “intrusa” no grupo é Cingapura (34º lugar). A cidade sul-americana mais bem colocada é Montevidéu (Uruguai) na 76º colocação.Com 78,8 pontos, Brasília se manteve na mesma colocação do ano passado e está atrás de outras cidades do subcontinente, como Buenos Aires (Argentina, 87,4 pontos e 79º lugar) e Santiago (Chile, 86,5 pontos e 83º lugar). Embora tenha subido uma posição no ranking, o Rio manteve a mesma pontuação do ano anterior (74,5). Já a capital paulista foi prejudicada pela onda de ataques de uma facção do crime organizado a policiais em maio do ano passado. Segundo Denise Perassoli, no ano anterior, São Paulo tinha nota 2 — em uma escala até 10 — no quesito criminalidade. Com os ataques, caiu para 1. “Nota zero é o Iraque em guerra”, comparou Denise.

Em 10 anos de avaliações, a Mercer constatou que a diferença entre as cidades bem colocadas e as últimas do ranking aumentou. “Recentemente, a diferença entre as cidades mal e bem colocadas tem aumentado. Enquanto os padrões têm melhorado em algumas regiões, permanece um contraste total entre aquelas cidades onde a qualidade de vida em geral é boa e aquelas que enfrentam tumultos políticos e econômicos”, disse Slagin Parakatil, pesquisador sênior da Mercer. A cidade brasileira mais mal avaliada é Manaus, em 126º lugar

Read Full Post »